Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Sobre Falsos Rubro Negros

Está difícil de digerir. Mais uma vez o Flamengo não consegue passar da Primeira Fase da Libertadores. O que vimos ontem foi um vexame, não consigo pensar em outra palavra. Uma daquelas vergonhas que causariam chutes nas portas, pedidos de explicações, demissões. Não tem como negar, tem alguma coisa muito errada.

O time gastou milhões, contratou, mas não rende. Alguma coisa precisa ser feita, alguém precisa ser cobrado. Mas conheço vários Rubro Negros que acham que basta ter dinheiro e contratar que tudo se resolve. Não é bem assim. Um time para ser campeão, precisa ater uma mentalidade vencedora. Precisa odiar perder. Precisa querer ganhar tudo sempre. E a responsabilidade vem de cima. Cabe ao Presidente e aos seus VP e ao monte de gente ganham muito bem para isso cobrar, motivar, afastar quem não tem perfil. Jogador que acha normal perder, não deveria jogar no Flamengo, por mais qualidade que tenha. Treinador precisa querer ganhar e não recuar quando sai na frente. Jogador não pode comemorar eliminação para ter mais tempo de treinar. Time competitivo não pode aceitar pressão e recuar, não pode aceitar passivamente que o adversário imponha seu jogo. Cera é quase regra na Libertadores. Catimba tem pra todo lado. Menos no Flamengo que é um time muito inocente. No futebol vontade de vencer quase sempre vale mais que qualidade técnica.

Para coroar a noite, o presidente EBM deu entrevista dizendo resumidamente que está tudo bem, o trabalho continua igual, ninguém vai ser demitido e nem cobrado a mais do que são (se é que são mesmo). E o pior, disse que tem Falso Rubro Negro no Twitter comemorando. Lamentável que o presidente ache que quem não o apoie incondicionalmente não seja Rubro Negro. Acho estranha essa postura de que qualquer crítica seja logo tratada como política. EBM deu uma grande demonstração de destemperamento ao se irritar com as críticas ao invés do resultado. Ninguém é inquestionável, sr. Bandeira. E nem, como bem lembro o Mauro Cezar em seu Blog, o Flamengo nasceu em 2013.

Nenhum comentário: